13 de dezembro de 2018 Segurança do Trabalho

Você sabe o que é o CREA? Ou qual a importância dele para o exercício da profissão de Engenheiros e Técnicos? Está confuso sobre esse assunto?

Então fique tranquilo que iremos esclarecer todas as suas dúvidas.

O Que é o CREA? E o CONFEA?

Primeiramente, o CREA é uma abreviatura da sigla Conselho Regional de Engenharia e Agronomia. É o órgão responsável por fiscalizar e regulamentar as atividades profissionais da engenharia, agronomia e suas ramificações (técnico em Edificações, paisagista, etc). Ele é o maior conselho de fiscalização de exercícios profissional da América Latina.

Em suma, essas entidades são a manifestação regional do CONFEA (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia). Ele tem como missão defender a sociedade de práticas ilegais das atividades que fazem parte do sistema CONFEA/CREA.

Ou seja, o CREA Atua em âmbito regional e o CONFEA em escala federal.

Qual a Importância do Registro Profissional no CREA?

Para garantir a qualidade do serviço e que normas sejam cumpridas este órgão trabalha fazendo o registro dos profissionais da área.

Esses registros atestam que o engenheiro está habilitado para desenvolver suas funções com segurança e qualidade. Além disso, permite uma fiscalização mais eficiente, ajudando a atingir o objetivo de prezar pela defesa da sociedade contra serviços ilegais.

Como o CREA Realiza Essa Fiscalização?

O CREA possui agentes fiscais que visitam obras públicas e privadas e realizam pesquisas para identificar possíveis irregularidades e a responsabilidade técnica dos serviços feitos. Quando constatada uma irregularidade, é feita uma notificação ou redigido o auto de infração.

Caso não forem atendidos de acordo com o que a lei exige, o CREA abre um processo administrativo de acordo com o problema, garantindo a qualidade dos serviços prestados por esses profissionais.

Qual a Importância Do CREA Para o Engenheiro?

O CREA comprova que o profissional frequentou e concluiu um curso de nível técnico ou superior da área reconhecido pelo MEC e que está apto para exercer a função em questão.

Engenheiros lidam com projetos que muitas vezes podem colocar em risco a segurança e o bem-estar das pessoas, por isso a necessidade de um documento que comprove que o profissional está habilitado para desenvolver seu trabalho.

Além disso, sem o CREA é impossível que o profissional emita o ART (Anotação de Responsabilidade Técnica), documento requerido para ser responsável pelos serviços prestados.

Seja Um Engenheiro De Segurança do Trabalho

O curso é destinado, principalmente, aos profissionais da área de Engenharia e Arquitetura que desejam habilitar-se como Engenheiro de Segurança do Trabalho, possibilitando sua inserção no mercado por meio da obtenção do registro junto ao CREA.

Os estudos da pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho estão voltados para atender às exigências previstas nas legislações vigentes e integrar processos de saúde, segurança e meio ambiente dentro das organizações. Proporcionando, assim, um ambiente laboral apropriado às situações que o envolvem.

Vantagens de Estudar na Faculdade Única

  • Flexibilidade de Horários;
  • Baixo Custo;
  • Você estuda sem sair de casa;
  • Você estuda no seu Smartphone, Tablet ou Computador;
  • Você estuda de maneira off-line;
  • Você gerencia seu próprio curso;
  • Possui a mesma validade que um curso presencial
  • Reconhecido pelo MEC e válido em todo Território Nacional;
  • Você Ganha Descontos indicando seu amigo;

Sobretudo, a Única busca aperfeiçoar seus alunos tanto academicamente, quanto profissionalmente. Em suma, são mais de 5 mil alunos em seus cursos presenciais, além de laboratórios modernos e bem equipados. Atualmente, a Única também possui o mais completo núcleo de Engenharia do Vale do Aço.

Além disso, todos os cursos de Especialização Lato Sensu atendem as exigências da Resolução nº 01, de 08/06/2007 e da portaria de credenciamento junto ao MEC nº 1004. A Faculdade Única também conta com uma avaliação de nota 4 (escala de 1 a 5) no CI do MEC.